A importância da migração de perfil para fanpage no facebook

A importância da migração de perfil para fanpage no facebook

Para quem tem um pequeno negócio e quer se conectar com seu consumidor é uma ótima pedida usar os recursos oferecidos pelas redes sociais. Mas o que a princípio parece uma boa sacada pode virar uma dor de cabeça desnecessária se não for executada respeitando as regras do jogo.

A sedução do facebook

Ele oferece uma plataforma de publicação de conteúdo e de compartilhamento com uma rede de amigos que é irresistível ao empreendedor por vários motivos, como por exemplo:

  • É gratuito
  • Fácil de usar
  • E possível publicar fotos, vídeos, textos e links externos à rede
  • De forma rudimentar pode medir a audiência através de curtidas e compartilhamentos
  • Disponível 24 horas, 7 dias por semana
  • Tem mais de 80 milhões de usuários no Brasil, praticamente todo mundo está lá
  • E já mencionei que é gratuito?

E tem muito mais! Apenas com essa pequena lista já dá pra ter uma ideia de o quanto a rede pode ser atrativa. E os pontos negativos da rede não chegam a assustar tanto todo mundo, como os problemas de privacidade, excesso de bugs e o real uso dos dados dos clientes oferecidos aos parceiros do site.

Qual é o problema então?

Boa parte dos empreendedores que usam a rede como principal meio de relacionamento com o seu público consumidor não se preocupam em seguir uma regra básica, e muito importante, do facebook:

Perfis são para pessoas e empresas não são pessoas.

De acordo com as regras de uso somente pessoas podem criar perfis no site. Assim, empresas precisam usar o outro recurso disponível criado exatamente para essa questão: as fanpages.
As fanpages foram criadas para controlar como empresas e pessoas se relacionam na rede e colocar ordem na casa. Apesar de terem muitas similaridades na parte de publicação e compartilhamento, as diferenças estão exatamente na forma como elas podem conectar-se com seu público.

Mas então é proibido? Apesar de ser contra as regras de uso do site, um empreendedor pode criar um perfil para sua empresa e usar o facebook normalmente: ficando amigo das pessoas, compartilhando fotos e vídeos, construindo uma reputação. Os problemas que pode encontrar fazendo isso é ter seu perfil denunciado por alguém, ou descoberto pelo próprio facebook, levarando a rede a tomar uma atitude como remoção (pior cenário) ou conversão automática para fanpage (o cenário razoável). No processo de conversão de perfil para fanpage é possível manter seus amigos, agora curtidores, mas ainda sim seu conteúdo é totalmente apagado.

E quem já criou um perfil

Não precisa se desesperar, quem tem um perfil para a empresa pode solicitar a conversão seguindo os passos no próprio site, com a possibilidade de guardar seu conteúdo já publicado, fazendo download desse arquivo para uso futuro e até a republicação na nova fanpage.

Atualização: já faz algum tempo que o facebook tirou do ar a ferramenta de migração de perfil para fanpage. Agora o processo é todo manual, com a criação de uma nova fanpage e eventual convite de cada um dos seus contatos para curtir a nova página.

Apesar das limitações, as fanpages podem fazer coisas que perfis não podem, veja as diferenças:

Perfis de pessoa física

  1. Limite de 5mil amigos
  2. Não podem fazer publicidade paga
  3. Podem enviar mensagens privadas
  4. Pra outra pessoa usar precisa dar a senha
  5. Somente contatos pessoais
  6. Curtir, comentar e compartilhar como métricas
  7. Só pode fazer publicações na hora
Fanpage para empresas

  1. Sem limites para curtidas
  2. Podem fazer publicidade paga
  3. Só pode conversar se alguém enviar mensagem
  4. Pode ter vários perfis como colaboradores
  5. Telefone, endereço, horário de atendimento e serviços
  6. Tem acesso a estatísticas completas da fanpage
  7. Pode agendar publicações para datas futuras
  8. Pessoas podem marcar que visitaram seu estabelecimento
  9. Separar por categoria, ajuda na divulgação da página

É importante conhecer as diferenças nos dois métodos de presença no facebook, mas mais importante é seguir as regras do jogo. Ninguém merece construir toda uma história usando o perfil e depois perder tudo como penalização por não seguir normas da casa.

Lembre-se, o facebook não é seu. É do Mark Zuckerberg e é ele quem manda por lá.


A acredite.co pode ajudar sua empresa a profissionalizar seu espaço no facebook e outras redes sociais, fazer conversões, personalizar, criar um projeto editorial e até o gerenciamento constante da sua nova fanpage. Fale com a gente!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *