Bullet Journal é um sistema analógico de notas para organizar sua vida

Bullet Journal é um sistema analógico de notas para organizar sua vida

O Bullet Journal é um sistema de notas analógico para ajudar a organizar sua vida, seu lazer e sua diversão usando coisas simples como canetas e cadernos com folhas de papel. SIM, nada melhor que um sistema analógico, organizado e de simples acesso para organizar a vida de quem trabalha serviços digitais.

Mas porque acredito nisso?

Usamos computadores, tablets, celulares ou outras coisas eletrônicas para nos ajudar com o trabalho do dia a dia. Mas acredito que ainda sim, com toda essa tecnologia disponível o melhor jeito de anotar informações e se manter organizado é usando um caderno de papel com um lápis ou caneta. E posso listar vários motivos para isso:

  • Usar papel e caneta/lápis estimula nossa mente;
  • É sim um modo elegante de guardar informações;
  • Baixo consumo de energia. Mentira, consumo zero mesmo;
  • Funcionam em qualquer lugar, independente de energia ou conexão de internet;
  • Funcionam bem do lado do computador sem roubar recursos como memória ou armazenamento;
  • Você consegue usar para anotar coisas em uma reunião sem parecer que está ignorando as outras pessas;
  • Facil de encontrar qualquer informação, basta folhear;
  • Podem ser digitalizados depois.

É aqui que entra o Bullet Journal System

Criado por Ryder Carroll ao longo de anos como diretor de arte (e como precisamos se organizar nessa vida de agência), é uma técnica que é independente do material usado. Ou seja, não precisa ser um moleskine nem outro caderno caro, basta ser de papel e aceitar escrever nele.

Como descrito pelo próprio em seu site:

Bullet Journal é para aqueles que sentem que existem poucas plataformas tão poderosas como uma folha de papel em branco. É um sistema analógico para a era digital que irá ajudá-lo a organizar o presente, registrar o passado e planejar o futuro.

Basicamente é usar o que ele chamou de rapid logging, um método que envolve coletar e guardar de forma rápida o máximo de informações, dentro de uma lógica de encadeamento de conteúdo. Parece complexo mas é simples e bem engenhoso.

Inicialmente organiza as páginas com datas, um calendário separado por mês, e depois vai preenchendo conforme os dias vão passando. Tudo marcando o número de página e adicionando em um índice no começo. Cada entrada no seu diário obedece uma rígida forma de listas com símblos que facilitam o entendimento de cada item.
E aí é organizar as páginas, seguir as listas marcando o que já foi feito ou trazendo para o dia ou mês seguinte a tarefa a ser cumprida, etc.

Vale a pena assistir o vídeo de apresentação e dar uma olhada no site para experimentar.


Visite o site bulletjournal.com para conhecer o método, e siga Ryder Carroll no twitter.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *