Vantagens de ter um site ou blog no centro da sua estratégia digital

Vantagens de ter um site ou blog no centro da sua estratégia digital

Por que é importante ter um site/blog Criação e manutenção da sua audiência Posicionamento nas buscas no Google Investimento de longo prazo Construção de reputação Relacionamento com seu consumidor Por que é importante ter um site/blog Estabelecer uma presença digital hoje não é mais questão de ser moderno ou antenado e sim uma questão de sobrevivência, de não ser deixado para trás. Além disso, com o mundo tomado pelas interações em redes sociais é muito tentador abrir mão de manter uma estrutura própria com um site e investir tempo e dinheiro em outros canais que estão na moda. Aí que está o perigo, o centro da sua estratégia digital não pode ser um prédio construído em terreno alugado, onde o proprietário dita as regras e pode a qualquer momento impedir sua marca de interagir com os fãs e fazer desmoronar seus investimentos em comunicação. Criação e manutenção da sua audiência Através do seu site/blog como centro da sua estratégia digital você pode investir em construir uma audiência duradoura que não vai desaparecer a cada mudança nas regras de uma rede social popular ou mesmo com o fim dela. Independente de modismos, seu público sempre terá o principal ponto de contato garantido pelo seu site. O controle total sobre conteúdo e sua forma de apresentação permite oferecer ao visitante do site uma experiência mais completa da sua marca ou produto, ou no caso de blogs, informações quentes e atualizadas sobre todos os aspectos do seu negócio, seja para aprendizado ou entretenimento de quem interage. Posicionamento nas buscas no Google Todos sabemos o quanto que o Google gosta de um bom...
Uma marca de código aberto formada por um emoticon

Uma marca de código aberto formada por um emoticon

:|| Simples assim. Essa é a marca para a linguagem universal da internet das coisas desenvolvida pelo consórcio Zigbee, dotdot. Código aberto é o conceito principal não só por trás do desenvolvimento da linguagem mas também do design. A inspiração veio dos pontos e traços do código morse e dos emoticons, ancestrais dos emoji criados apenas com símbolos de teclado, como :) :P :D. O objetivo era criar uma marca simples e de fácil reconhecimento para ser utilizada nos dispositivos compatíveis, algo como os símbolos do USB e Wi-Fi, por exemplo. É tão simples de ser reproduzida que basta baixar as fontes escolhidas do Google Font Project e digitar os símbolos no teclado. Para outras reproduções é possível usar um código CSS que gera a marca no tamanho e cores que você desejar, com código aberto, sem manual de identidade visual e sem arquivos fonte como ilustrator e similares. Uma linguagem universal e código aberto A marca dotdot foi criada em código e pode ser enviada por SMS usando um único dois-pontos com duas barras verticais. Como tal, a marca existe como uma ênfase à direita do logotipo, como um emoji ou emoticon. Os tipos de marca – Montserrat para títulos e Hind para textos, são cortesia de fonte aberta da iniciativa Google Fonts. A acessibilidade e usabilidade da marca torna esta nova linguagem IoT fiel à ambição da dotdot de estar aberta a todos. – Forest Young, chefe de design, Wolff Olins SF A marca é tão versátil que os criadores ainda não sabem quais os limites de utilização. Ela até pode funcionar como código de texto para...
Pantone® Greenery é a cor do ano de 2017

Pantone® Greenery é a cor do ano de 2017

Todos os anos Pantone® divulga seu estudo feito pelo Pantone Colours Institute e apresenta a paleta de cores que vai estar em destaque na primavera (do hemisfério norte) do ano seguinte. Dentre essas cores está a cor do ano de 2017, Pantone® Greenery. Inicialmente um relatório de cores para o mundo da moda, as escolhas de cores reverberam por outras áreas criativas, principalmente o design. Apresentada como um toque de frescor e ligação com o mundo natural, a escolha não é uma unanimidade, sendo tão criticada como a escolha do ano passado, a dupla Rosa Quartz e Serenity. Pantone® Greenery: uma cor refrescante e revigorante que simboliza novos começos Greenery é uma cor natural e neutra. Quanto mais envolvidas as pessoas estiverem na vida moderna, maior será o seu desejo inato de mergulhar na beleza física e na unicidade inerente do mundo natural. Esta mudança se reflete na proliferação das expressões de Greenery na vida cotidiana, seja através do planejamento urbano, da arquitetura, do estilo de vida e de vários exemplos globais em termos de design. Uma cor constante nos bastidores, agora Greenery está sendo chamada para o palco – hoje já é uma tonalidade omnipresente em todo o mundo. Uma cor que re-afirma a vida, Greenery também é emblemática na nossa busca pelas paixões pessoais e nossa vitalidade. As 10 principais cores para 2017 segundo o Pantone® Fashion Report PANTONE 17-4123 Niagara: Confortável e confiável, Niagara lidera o FCR PANTONE como a cor predominante para a Primavera 2017. Niagara é um azul-clássico “denim-like”, que vem ao encontro do nosso desejo por simplicidade e relaxamento. PANTONE 13-0755 Primrose Yellow:...
Visions of the Future: pôsteres do sistema solar e além

Visions of the Future: pôsteres do sistema solar e além

Visions of the Future é uma criação do Estúdio de Design do JPL – Jet Propulsion Laboratory que mostra uma série de pôsteres de locais de visitação turística no nosso sistema solar e além, em um exercício de futurismo (e otimismo) e para celebrar os avanços da pesquisa espacial e brincar com a nossa imaginação. Nove artistas, designers e ilustradores desenvolveram 14 peças com direção de arte inspirada nos antigos pôsteres da WPA – Work Projects Administration, criados para propagar eventos públicos (É possível navegar por uma coleção de 900 dessas antigas peças da WPA na Biblioteca do Congresso dos EUA). A coleção serve de inspiração para todos que trabalham com design, A coleção de pôsteres Visions of the Future É possível fazer o download dos 14 pôsteres no site do JPL – Jet Propulsion Laboratory, em formato PDF e livre para uso particular. Créditos Criação Estratégica: Dan Goods, David Delgado. Ilustradores: Liz Barrios De La Torre (Ceres, Europa), Stefan Bucher (Design Júpiter), Invisible Creature (Grand Tour, Marte, Enceladus), Joby Harris (Kepler 16b, Terra, Kepler 186f, PSO J318.5-22, Titan), Jessie Kawata (Venus), Lois Kim (Tipografia para Venus e Europa), Ron Miller (Ilustração de...
Pantone e as tendências de cores para 2016

Pantone e as tendências de cores para 2016

A Pantone divulga, todos os anos, o seu estudo de cores feito pelo Pantone Colours Institute e apresenta a paleta de cores que vai estar em destaque na primavera (do hemisfério norte) do ano seguinte. E dentro dessa paleta temos a cor do ano, que em 2016 serão duas cores: Rosa Quartz e o Azul Serenity. Mesmo que o nome seja Fashion Colour Report, não é só o mercado da moda que se beneficia dessas informações mas sim todo mundo que trabalha com criatividade pode se inspirar nessa paleta e aplicá-la em suas criações. A paleta com as 10 cores de 2016 da Pantone As cores são apresentadas aqui por Leatrice Eiseman – Diretora Executiva do Pantone Color Institute™. PANTONE 13-1520 Rose Quartz (cor do ano de 2016) “A calma natural das cores na primavera são lideradas por PANTONE 13-1520 Rose Quartz, um tom persuasivo, porém suave, que transmite compaixão e senso de compostura. Como um pôr do sol sereno, um rosto ruborizado ou o desabrochar de um botão de flor, Rose Quartz nos leva nos espelhar em nossos arredores durante a atarefada mas alegre primavera e verão.“ PANTONE 15-3919 Serenity (também cor do ano de 2016) “Leve e arejado, como a vastidão do céu azul, PANTONE 15-3919 Serenity tem um efeito calmante, trazendo uma sensação de alívio, mesmo em tempos turbulentos. Um azul transcendente, Serenity nos proporciona uma sensação de espaço naturalmente conectada.“ PANTONE 12-0752 Buttercup “Enquanto a maioria das tendências da paleta primavera/verão segue em direção à calmaria, alguns desvios do tema do emergem e oferecem um contraste. Com o PANTONE 12-0752 Buttercup, designers revelaram um farol brilhante...
Uma proposta de bandeira para representar a Terra nas futuras missões espaciais

Uma proposta de bandeira para representar a Terra nas futuras missões espaciais

O designer sueco Oskar Pernefeldt propôs a criação de uma bandeira que representasse a humanidade e o planeta Terra em missões no espaço. Ele fez isso com seu projeto de graduação em design na Beckmans College of Design em Estocolmo. Partindo do princípio que eventuais exploradores espaciais seriam representantes da humanidade como um todo e não apenas do seu país de origem (ou país que financiou a viagem), Oskar imaginou e desenvolveu uma bandeira para representar a Terra em viagens exploratórias e, porque não, diplomáticas, pelo espaço. Assim ele propôs um design que serviria tanto como representante oficial do planeta, quanto um símbolo de união, de que pertencemos a um só lugar, que compartilhamos esse planeta como um só grupo. No projeto de graduação Oskar pesquisou a fundo o design de bandeiras, formando um universo semântico para a nova bandeira que o levou a criar uma nova simbologia que representasse a terra como um todo. São 7 círculos que formam uma flor, representando a vida, sobre um fundo azul representando a água do planeta. Apresentação Grid Construtivo Nações Unidas Já temos a bandeira das Nações Unidas que teria um propósito parecido, unir as nações para trabalhar em conjunto na Terra. A criação de uma nova bandeira, sem afiliações, sem nações soberanas exercendo sua influência, seria um sonho de algo que inspirasse a união verdadeira dos humanos como irmãos, para além dos limites do nosso planeta, buscando chegar mais próximo do imaginado em Star Trek, com a Terra e a humanidade unida sob uma única bandeira na exploração espacial. Se seria prático e possível, bem, aí seria outra história. Mas...